A ÁGUA COMO MATRIZ PEDAGÓGICA NA SUA ESCOLA

Continuando a série de textos” A ÁGUA COMO MATRIZ PEDAGÓGICA NA SUA ESCOLA”, disponibilizamos a primeira parte do texto que trata da agricultura e suas implicações sobre os recursos hídricos. Boa leitura!

Agricultura

 O entendimento da agricultura e os fatores que implicam esta prática, não devem se limitar às escolas agrotécnicas. E necessário que todos os alunos possuam conhecimentos interdisciplinares, estabelecendo relações de aprendizagem, em espaços diferentes do seu cotidiano. Isto possibilita o pensamento crítico do aluno, sobre a ocupação humana, suas dinâmicas e forma de atuação frente ao ambiente natural.

A cultura de alimentos é uma atividade empreendida pelos seres humanos, para garantir à produção de alimentos e consequentemente, a sobrevivência da espécie. Porem como toda atividade, a agricultura proporciona impactos ao meio ambiente.

A agricultura é sem dúvida nenhuma o setor da atividade humana que para sua realização, consome maior quantidade de água. Assim, o grande volume de uso, aliado as péssimas técnicas de manejo, coloca este setor, como a segunda maior fonte de poluição das águas brasileiras, atrás apenas da emissão de esgotos domésticos. Os problemas relacionados à poluição das águas pela agricultura no Brasil também merecem um especial enfoque, uma vez que o Brasil é um dos maiores produtores agropecuários do planeta.  Sua escassez coloca em risco não só o ecossistema, mas também a produção dos alimentos, que consumimos todos os dias.

A demanda por água deve continuar crescendo em consonância com aumento populacional. Alem disto, a crescente necessidade de produção de mais alimentos, respeitando os preceitos de segurança alimentar para a população, faz com que os paises aumentem suas fronteiras agrícolas. Isto significa degradação de mais áreas naturais, que possuem  nascentes, aqüíferos, áreas de recargas e matas ciliares.

 A prática da agricultura ocasiona uma série de impactos ambientais associados aos recursos hídricos. Técnicas inadequadas, diminuem a disponibilidade da água, através de compactação do solo, diminuindo a permeabilidade do solo e reabastecimento de lençóis freáticos ;uso da água em irrigação excessiva, diminuindo o volume de agua de cursos próximos;corte de matas ciliares e consequentemente assoreamento de rios; uso de agua subterrânea de forma excessiva, diminuindo a disponibilidade de agua em   aquíferos ou lençóis freáticos.

  Mas não é apenas a disponibilidade hídrica, que a agricultura afeta. As formas de poluição geradas pela agricultura alteram ciclos de vidas dos seres que vivem nos ambientes aquáticos, às vezes levando também a sua contaminação.  Insumos agrícolas como os fertilizantes e pesticidas, são os que mais causam poluição nas águas.  Os fertilizantes mais utilizados atualmente, são compostos por fósforo, amônia e o potássio. Utilizados em grandes quantidades, tendem a infiltrar nos solos até contaminarem os lençóis freáticos. Além disso a excessiva carga de materiais orgânicos e nutrientes, lixiviado, ao atingir cursos dágua podem causar eutrofização da água e posteriormente desequilíbrio ambiental na área. Já os pesticidas são tóxicos, possuem metais pesados em sua composição e nem sempre biodegradáveis.

É necessário o uso racional da água, assim mais alimentos podem ser produzidos por litro de água utilizada, diminuindo a demanda de consumo e consequentemente facilitando a produção. E necessário que assim como na agricultura, a população trabalhe métodos mais eficientes no uso da água, evitando o desperdício.

 Planos de aula:

Plano de aula- Agricultura no Brasil

Plano de aula – Ambiente e economia

Plano de aula – Fruticultura no Brasil

Plano de aula – Ciclo da água

Plano de aula – equilíbrio ambiental

Plano de aula – Pecuária

Plano de aula – Solo

 Fertilizantes

 Com o advento do agronegócio, com finalidade de produção de mais alimentos, o solo passou a ser exigido de forma nunca antes vista. A falta de técnicas visando à agricultura sustentável proporciona a degradação do solo e esgotamentos de nutrientes. Para garantir e aperfeiçoar a produção, os agricultores passaram a fazer uso de fertilizantes, que aumentam a disponibilidade de nutrientes no solo. O adubo mais simples é o esterco, um composto orgânico resultante da fermentação de resíduo animal e vegetais. Porem na agricultura moderna usa-se extensivamente compostos sintéticos, à base de nitrogênio fósforo e potássio. O uso excessivo destes compostos pode causar  desequilíbrio no meio ambiente, enfraquecendo plantas e aumentando populações de insetos e microrganismos.  Para combater estas proliferações, os agricultores recorrem aos agrotóxicos, substâncias tóxicas e nocivas à saúde dos seres humanos. Com o tempo todos estes compostos acumulam no solo e infiltram nos lençóis freáticos, ou contaminam rios e lagos através de enxurradas, aumentando os danos ambientais.

 Planos de aula:

Plano de aula – O solo e as suas características

Praticas pedagógicas – tipos de solo

Material de apoio – Agricultura e Qualidade de água

Material de apoio – Fertilizantes químicos e poluição

 

Manipulação genética

 Uma das novidades na agricultura nos últimos anos é a manipulação genética. Através de alteração de códigos genéticos, é possível tornar as plantas maiores, mais produtivas e resistentes às pragas. Outra grande possibilidade é o desenvolvimento de novas espécies vegetais, a partir da introdução de genes de outras espécies. Porem a alta produtividade destes organismos exige um maior uso de fertilizantes e agrotóxicos, o que proporciona danos ao ambiente natural. Ainda existem controvérsias em torno do uso desta técnica. Há pesquisas que indicam que estes alimentos causam distúrbios em seres humanos, como o Câncer. Outro problema, causado pela introdução de espécies geneticamente modificadas, é a alteração das cadeias alimentares, e gerando desequilíbrio no meio ambiente.

  Planos de aula:

Plano de aula – manipulação genética

Práticas pedagógicas – organismos geneticamente modificados

Plano de aula – Produção de vegetais transgênicos

Plano de aula – Biotecnologia

Plano de aula – Revoluções agrícola, verde e transgênica

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s