Visite os Parques de Belo Horizonte

Você costuma visitar os parques de Belo Horizonte? Você sabia que em nossa cidade há 55 reservas abertas à visitação?

Os parques são uma alternativa de lazer e ate mesmo pode atuar como um espaço educativo diferenciado para as escolas.

Verifique abaixo a situação de algumas de nossas reservas e a localidade de cada uma delas.

Fonte: Estado de Minas

Parque das Águas Roberto Burle Marx – Barreiro
Avenida Ximango, 809 – Bairro Flávio Marques Lisboa, Barreiro de Cima.

Com área de 170 mil metros quadrados, foi inaugurado em 1994 e ocupa uma antiga fazenda. Reaberto no ano passado depois de reforma, é bastante usado pela comunidade. Abriga jardim com mais de 100 espécies de plantas medicinais.
EM ALTA: Parque bem cuidado, ampla área verde, boa estrutura de lazer com quadras, brinquedos e salas para oficinas. Acesso facilitado para portadores de necessidades especiais, inclusive com banheiro e bebedouro adaptados.
EM BAIXA: Apesar de banheiros limpos e adaptados, não tinha papel higiênico e sabonete.
Funciona diariamente das 7h às 18h.

Parque Mata das Borboletas, Centro -Sul
Rua Assunção, 450 – Bairro Sion.

Implantado em 1995, é uma ilha verde em meio a vários prédios, com área de 35,5 mil metros quadrados, e refúgio pouco frequentado por moradores da região.
EM ALTA: Parque bem cuidado e com bela trilha ecológica. Brinquedos bem conservados. Banheiros limpos e com papel higiênico.
EM BAIXA: Em quase toda a extensão não há acessibilidade para deficientes.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 18h.

Parque Ecológico do bairro Caiçara, Noroeste
Rua Tico-Tico, 100, Bairro Caiçara.

Com área de 11,5 mil metros quadrados, originária da Fazenda Engenho Nogueira, é mais conhecido como Parquinho e foi implantado em 1996.
EM ALTA: Apesar de pequeno, é bem cuidado, limpo, com brinquedos e quadras em bom estado de conservação.
EM BAIXA: A trilha de caminhada é pequena. Também não tinha papel e sabonete nos banheiros.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 18h.

Parque Municipal Jacques Cousteau, Oeste
Rua Augusto José dos Santos, 366, Bairro Betânia.

Criado em 1971 e implantado apenas em 1999, ocupa área aproximada de 335 mil metros quadrados. Já funcionou como depósito de lixo e como horto de mudas e plantas ornamentais.
EM ALTA: Parque bem cuidado, bastante arborizado. Bom espaço para recreação infantil. Trilha ecológica com muita sombra.
EM BAIXA: Trilha esburacada. Anfiteatro ao ar livre abandonado e um banheiro depredado. Os banheiros públicos, apesar de limpos, precisam de uma reforma. Falta de papel higiênico e sabonete.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 18h.

Parque Ecológico Renato Azeredo, Nordeste
Rua Antônio Peregrino Nascimento, Bairro Palmares.

Implantado em 1996, é uma boa opção de lazer para a comunidade. Com área de 92 mil metros quadrados, conta com pista de caminhada, quadra poliesportiva e mirantes.
EM ALTA: Bem cuidado e limpo, quadra, mesas e cadeiras em bom estado de conservação.
EM BAIXA: O banheiro público está em mau estado, com vazamentos e porta quebrada. Não tem bebedouro público. Frequentadores reclamam da falta de brinquedos para as crianças.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 18h.

Parque Ecológico Primeiro de Maio, Norte
Rua Joana D’Arc, 190, Bairro Primeiro de Maio

Implantado em 2008, transformou um terreno com esgoto a céu aberto e ocupação irregular em área de preservação ambiental. Tem 33 mil metros quadrados na bacia do Ribeirão do Onça.
EM ALTA: Parque muito bem cuidado e o único com visitas guiadas. Conta com boa pista de caminhada, quadra, mesa de jogos e equipamentos de ginástica.
EM BAIXA: Brinquedos precisam de reforma ou substituição. Banheiros limpos, mas sem papel.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 18h.

Parque Alexander Brandt, Venda Nova
Rua Joaquim Gonçalves da Silva, Bairro Rio Branco

Com área de 12,5 mil metros quadrados, foi implantado em 1996, mas tem preservada apenas a vegetação. A praça de lazer está abandonada, com brinquedos enferrujados e bancos e mesas tomados por mato.

EM ALTA: Há várias espécies de mata nativa preservadas no local
EM BAIXA: Brinquedos depredados e banheiro em péssimo estado. A cerca do parque está aberta e moradores reclamam que o local serve de refúgio para bandidos.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 18h.

Parque Ecológico Promotor Francisco Lins do Rego
Avenida Otacílio Negrão de Lima, 7.111, Pampulha.

Conhecido como Parque Ecológico da Pampulha, foi inaugurado em 2004 e é o único administrado pela Fundação Zoo-Botânica . Com 30 hectares de áreas verdes, foi construído em cima de um depósito de rejeitos da lagoa.

EM ALTA: Bem cuidado e preservado, com brinquedos bem conservados e com acesso a deficientes. Banheiros limpos, com papel higiênico e sabonete. Várias opções de lazer, como caminhada ecológica e exposições.

EM BAIXA: Por ser um parque novo, as árvores ainda estão em crescimento e dão pouca sombra.
Funcionamento: De terça a quinta-feira para visitas de grupos agendados e de sexta-feira a domingo ao público. Das 8h30 às 17h.

Parque da Matinha, Nordeste
Rua Leôncio Chagas, 350, Bairro União

Com área de 15 mil metros quadrados, foi criado em 1991. Mas o que era para ser um parque é hoje apenas uma passagem dos moradores da região para atravessar da Avenida José Cândido Silveira para a Rua Leôncio Chagas.

EM ALTA: Mata está preservada
EM BAIXA: Brinquedos enferrujados e depredados. Parque completamente abandonado. Não há banheiros nem bebedouros. No lugar da placa de fundação há uma pichação.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 18h.

Parque das Mangabeiras, Centro-Sul
Avenida José do Patrocínio Pontes, Bairro Mangabeiras.

Ao pé da Serra do Curral, foi projetado pelo paisagista Roberto Burle Marx. Aberto em 1966, tem área de 2,8 milhões de metros quadrados. Recebe cerca de 40 mil visitantes por mês.

EM ALTA: É um parque com infraestrutura completa e várias opções de lazer.
EM BAIXA: Alguns atrativos precisam de reforma, como as quadras e alguns brinquedos que já estão depredados. Alguns banheiros também estão quebrados. O caminho até o playground apresenta uma série de armadilhas, como buracos e trilhas inacabadas.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8 às 18h.

Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado, Pampulha
Rua Desembargador Lincoln Prates, 240, Bairro Itapuã.

Implantado em 1994, tem área de 310 mil metros quadrados e foi implantado em 1994. É um dos parques mais bem equipados e usados pela população.

EM ALTA: Conta com infraestrutura completa, com biblioteca, sala multimeios, arena para teatro, quadras, campo de futebol, pista para caminhadas e viveiro de mudas.
EM BAIXA: A arena para o teatro está tomada por mato e lodo. Quadras precisam de uma pintura. Brinquedos quebrados. Falta de segurança nas trilhas ecológicas. Os banheiros têm infiltração.
Horário de funcionamento: de terça-feira a domingo, das 8h às 17h.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s