Você sabe o que é Lixo eletrônico??

 Lixo eletrônico são os resíduos resultantes do descarte de equipamentos como TVs, celulares, computadores, geladeiras, entre muitos outros que passaram a fazer parte de nossa vida como sinônimos de bem-estar. Jogados em lixões, são um sério risco ao meio ambiente, pois contêm metais pesados altamente tóxicos, como chumbo, mercúrio e cádmio. Em contato com o solo, contaminam o lençol freático. Quando queimados, poluem o ar. Também são um grave risco à saúde, pois se acumulam no corpo, podendo causar doenças como o câncer.

Na Prática

Dados sobre tecnologias em uso ou que serão vendidas nos próximos anos não faltam. Mas, e as informações sobre como tudo isso deve ser descartado de maneira correta, sem causar problemas ao meio ambiente e sem trazer riscos à saúde da população?

Para saber o que é realizado no Brasil, o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), decidiu pesquisar as empresas de tecnologia, por meio de um questionário formal sobre a reciclagem do que produzem e por meio de seus SACs (serviços de atendimento ao consumidor).

De vinte empresas – sendo 14% operadoras de telefonia móvel, 33% de eletroeletrônicos e 53% de informática –, apenas dez responderam ao questionamento do Instituto.

Na pesquisa, as respostas foram agrupadas em dois blocos: política de descarte das empresas e informações ao consumidor. A partir daí, foram definidos critérios de pontuação e a avaliação foi feita em uma escala de 0 a 5.

Risco ao meio ambiente

Para fabricar um computador são gastos 240 quilos de combustível, 22 quilos de produtos químicos e 1,5 tonelada de água.

“O modo de descarte e a má gestão dos resíduos provenientes desses aparelhos resultam na degradação do meio ambiente”, afirma Júlio Carlos Afonso, especialista no assunto e professor do Centro de Ciências Matemáticas e Natureza do Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Para ele, tanto do ponto de vista econômico quanto do ambiental, “reciclar – no caso dos hardwares –, ou fazer upgrades (de softwares) é a melhor solução para preservar o ambiente e diminuir o consumo de recursos naturais”. Não dá para discordar, não?

Quem faz o quê

Quantas vezes você já ouviu que pode devolver seu eletrônico velho à empresa que o fabricou? Com certeza, a resposta deve ser “poucas vezes” ou “nenhuma”. Pois saiba que esse é um direito seu, infelizmente pouco divulgado por quem deveria fazer isso. No Brasil, as empresas que mais se aproximam dessa prática são Motorola, TIM, Vivo, HP e Claro, pois receberam melhor classificação na pesquisa do Idec.

● Reincorpora os resíduos reciclados na cadeia de produção, e as caixas de papelão empregadas no transporte de seus produtos são feitas com bagaço de cana.

● Mantém postos de coleta e canais fáceis de informação sobre os locais onde o consumidor pode fazer a entrega do lixo eletrônico.

● Mas… suas informações divergem quanto ao recolhimento de baterias de outras marcas. Em resposta ao questionário do Idec, afirmou que a coleta é irrestrita, mas no SAC a informação é de que a coleta de outras marcas está condicionada à assistência técnica.

● Única empresa que apresentou taxas sobre volume comercializado e retorno de equipamentos e baterias fora de uso.

● Os recursos obtidos por meio da reciclagem são destinados a programas de preservação.

● Mas… não informa qualquer ação junto a seus fornecedores para o retorno do material reciclado ao ciclo de produção de aparelhos celulares.

● Tem política ambiental global que prevê o descarte responsável de seus produtos.

● Além de recolher aparelhos e baterias de qualquer fabricante, a empresa mantém programa de recolhimento de pilhas.

● Mas… esse recolhimento só ocorre na rede de lojas próprias da empresa.

● Possui postos de coleta e canais fáceis de informação sobre a destinação do lixo eletrônico.

● Demonstra preocupação em levar informações ao consumidor para que ele exerça sua responsabilidade na preservação do meio ambiente.

● Mas… não possui um padrão global quanto ao recolhimento de resíduos. Entretanto, no Brasil, o programa de reciclagem é muito superior ao dos demais países da América Latina em que atua.

● Reutiliza materiais recolhidos na cadeia do setor. Por exemplo, a fabricação de novos cartuchos com plásticos reutilizados. Vale registrar a produção de scanners a partir de garrafas pet.

● Mas… houve divergência na informação sobre o recolhimento de equipamentos de outras marcas. No questionário, a HP informa que recebe produtos de outras empresas, porém no SAC o discurso é de que são aceitos apenas os da própria marca.

Já as empresas participantes que demonstraram menor preocupação com o meio ambiente e com a informação prestada ao consumidor foram: Itautec – que recebeu a classificação média –, Philips, Dell, Samsung e Positivo – que receberam a classificação ruim.

● Criou área na planta industrial para o processamento de equipamentos obsoletos do parque interno. Depois de separados, são direcionados aos recicladores especializados.

● Mas… não oferece o mesmo tratamento para o mercado de varejo. As demandas são tratadas pontualmente, e os canais de comunicação só informam sobre o recolhimento quando questionados.

● Possui projetos-piloto de reciclagem no Brasil, na Argentina e na Índia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s