Núcleo Navio Baleia Córrego dos Joões: uma história de amor e respeito à natureza

Agosto 058córrego

A formação de grandes aglomerados urbanos, somada à intensa atividade humana, tem contribuído para a poluição das águas. A urbanização é um dos principais fatores que exerce pressão sobre os recursos hídricos nas grandes cidades. Com o córrego dos Joões não foi diferente.

O córrego dos Joões pertence à sub-bacia do córrego do Navio/Baleia, afluente do ribeirão Arrudas. O curso d’água encontra-se no bairro Paraíso, em Belo Horizonte. Poucos metros depois de seu nascimento, o córrego recebe esgoto das casas que ficam em seu entorno.

Parte do curso d’água passa pela propriedade do senhor Ernesto, um morador da região conhecido como “seu Nonô”. Ao perceber a degradação do córrego dos Joões, seu Nonô começou a trabalhar por sua revitalização. O trabalho começou no outono de 1991, quando seu Nonô percebeu que ainda havia vida naquele córrego que estava coberto de lixo e de esgoto.

O projeto “Córrego dos Joões: uma história de amor e respeito à natureza” tem como objetivo dar visibilidade ao trabalho de revitalização do córrego, buscando subsídios para a revitalização total do mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s